domingo, 14 de agosto de 2005

"JALÉ ECOLODGE" EM FUNCIONAMENTO!!!


Hoje estou muito contente!!! Recebi uma excelente notícia por e-mail e vou deixá-la aqui como forma de divulgação, incluindo o link na secção apresentada à direita do blog.

Numa das minhas iniciais incursões a STP, viajei até ao sul: não mais do que 90 km de estrada mas que representam, ainda hoje, uma aventura para quem não estiver preparado para encontrar uma estrada nacional, e única que liga a capital ao sul, esburacada, sem sinalização e estreita, mas com um enquadramento fantástico e uma paisagem deslumbrante, riquíssima em espécies florísticas e faunísticas. Vale a pena o esforço e as dores de costas que representam um bónus. A viagem para sul teve como objectivo a visita, com os representantes da ECOFAC, a um projecto inovador no arquipélago, pela sua filosofia: a observação de espécies, privilegiando as tartarugas marinhas (das quais sou fã e completa apaixonada), mas podendo também avistar-se macacos, morcegos gigantes que se alimentam de fruta, baleias e golfinhos, e uma cobrita ou outra que possa aparecer.

Claro está que adorei a visita, apesar do lodge estar ainda em construção, mas como projecto enquadrava-se por completo no que eu estava a estudar na altura, pelo que ali tinha eu mais um estudo de caso com viabilidade. Claro está que pelo ritmo santomense, naturalmente conhecido, e devido a um conjunto de constrangimentos, também normais nestas coisas, a exploração da iniciativa foi sendo atrasada e acabei por concluir a investigação e por defender o bendito doutoramento sem que houvesse novidades com importância para apresentar. Este entrou na secção das iniciativas projectadas.

Mas, dizia eu no início do post, hoje estou muito contente porque acabei de receber a grande notícia por e-mail. O ex-“Acampamento Jalé” foi oficialmente inaugurado a 7 de Agosto e denomina-se JALÉ ECOLODGE, projecto ecoturístico e vocacionado para a observação de espécies e a preservação ambiental, com envolvimento tanto das comunidades residentes no sul da ilha de São Tomé como dos visitantes. A observação de espécies animais tem sido uma realidade: macacos, morcegos, baleias e golfinhos, proporcionando imagens inesquecíveis. E depois, há a magnífica praia Jalé, onde o lodge foi construído (3 bungalows com capacidade máxima de 9 pessoas), e as praias Piscina e Xixi nas proximidades, e em Porto Alegre, os pescadores que podem levar-nos, de canoa, à inesquecível Baía de S. Miguel, apenas acessível de barco ou a pé, mas que neste último caso, requer preparação física e psicológica para um “esticão” muito esforçado.

A filosofia do projecto passa por uma dimensão educativa muito interessante porque promotora da participação de todos nas actividades desenvolvidas e é um projecto completamente ecológico, de contacto com a natureza e marcado pela simplicidade: o sistema de fornecimento de água é assegurado por um sistema de reciclagem a partir da água da chuva, na cozinha existe um fogão a lenha que facilita a preparação de refeições rápidas.

A iniciativa dispõe de um site na Internet, com versão portuguesa completa, estando a ser concluídas as inglesa e francesa, sendo actualmente o resultado de uma parceria entre a ECOFAC, a MARAPA, o Fonds Français pour l’environnement mondial, a AFVP e a Alliance Française.

Os preços praticados são muito atractivos, face às actividades que se podem desenvolver e ao enquadramento paisagístico: bungalow duplo (com rede mosquiteira) 25 euros, podendo solicitar-se uma cama extra, acrescendo 5 euros à tarifa de base.

Para contactos e reservas:
Oswaldo Mesquita
Empresa Porto Alegre
Cidade de Angolares
Rep. Dem. de São Tomé e Príncipe

praiajale@hotmail.com

ou
ONG MARAPA (Mar, Ambiente e Pesca Artesanal)
Bastien Loloum

Largo Bom Despacho
CP 292 São Tomé
São Tomé e Principe
Tel : 239-222792

marapa@cstome.net

A escrita e os artefactos

Para quem gosta de escrever uma caneta é a extensão de si próprio e um caderno o seu reflexo. São objectos especiais e, por isso, tratados ...