quarta-feira, 5 de outubro de 2005

Novo dia

Eu sabia, não há nada como esperar que a noite passe e o novo dia chegue. E este chegou, alegre e bem disposto, solarengo e a convidar ao passeio, à caminhada e à descoberta. À beira mar ou pelo pinhal. Aproveitar o sol e receber energias positivas que, segundo os entendidos dizem, chegaram na manhã do eclipse e vieram para ficar. Pois serão épocas de bons auspícios. Nada melhor do que um novo dia, cheio de esperança e de alegria...!

A escrita e os artefactos

Para quem gosta de escrever uma caneta é a extensão de si próprio e um caderno o seu reflexo. São objectos especiais e, por isso, tratados ...