sexta-feira, 6 de junho de 2008

Prazer e Dor

“Ó amigos, que extraordinária coisa me parece aquilo que os homens chamam prazer! Como é maravilhosa a relação que entre ele existe e o que julgam ser o seu contrário, a dor! Não consentem coexistir no homem; mas, se alguém pretende alcançar aquele e o consegue, é obrigado, quase sempre, a alcançar também esta, como se estivessem presos com a mesma cadeia.”

Platão in Fédon

A escrita e os artefactos

Para quem gosta de escrever uma caneta é a extensão de si próprio e um caderno o seu reflexo. São objectos especiais e, por isso, tratados ...