segunda-feira, 17 de setembro de 2007

Kobenhagen ou simplesmente Copenhaga!

Foi lá que estive! Um país magnífico e uma cidade fantasticamente limpa e tranquila. O ar é estranhamente respirável e não poluído, não parecendo uma capital, as pessoas são simpáticas e mais do que sorridentes, transparecem felicidade por estarem vivas e poderem andar de bicicleta por todo o lado, ou a cidade não fosse plana. A arquitectura é harmoniosa e as cores com que as casas estão pintadas dão-nos a sensação de estarmos numa cidade de bonecas feita à medida dos sonhos de cada um. Os castelos construídos em locais estratégicos fazem-nos recordar a grandiosidade da vida na Escandinávia. Os impostos são dos mais elevados do Mundo, segundo dizem com orgulho, mas o nível de vida não parece ressentir-se. Uma parte significativa da energia consumida é eólica porque o vento é quase constante e é fácil comprovar a existência de parques eólicos... até dentro de água! Mas melhor, muito melhor do que tudo isto é o sentido que a palavra cidadania tem. Ali vi a civilização!!! E fiquei com vontade de voltar!!!

A escrita e os artefactos

Para quem gosta de escrever uma caneta é a extensão de si próprio e um caderno o seu reflexo. São objectos especiais e, por isso, tratados ...