domingo, 8 de outubro de 2006

No fim do Mundo...?!

Deixa-me perguntar-te, mesmo sabendo que dificilmente me vais responder: No “Fim do Mundo” também está lua cheia? Uma lua redonda, luminosa e inspiradora como a que, em tempos, vimos juntos numa África distante, num sítio lindo e repleto de sedução que só poderia chamar-se de Boca do Inferno? Uma lua que se fez observadora e fiel companheira de sentimentos partilhados numa noite de sensibilidades em que os sonhos ultrapassaram a realidade? Aí, no que chamas de “Fim do Mundo”, também há luares como esse...?

A escrita e os artefactos

Para quem gosta de escrever uma caneta é a extensão de si próprio e um caderno o seu reflexo. São objectos especiais e, por isso, tratados ...