sábado, 28 de outubro de 2006

Crescer...

Crianças somos todos nós! Brincamos, sonhamos, vivemos num mundo de ilusão. Rimos por nada, choramos por pouco, como se tudo não passasse de um jogo imparável de ganhar ou perder. Apenas mais um brinquedo para, depois de usado, vir outro. E outro, e outro ainda. De repente acordamos e percebemos que crescemos sem darmos conta. E o nosso mundo da infância, tão alegre e divertido, acaba por ruir num ápice...
Escrito em Fevereiro de 1988

A escrita e os artefactos

Para quem gosta de escrever uma caneta é a extensão de si próprio e um caderno o seu reflexo. São objectos especiais e, por isso, tratados ...