sexta-feira, 2 de dezembro de 2005

HIV

Hoje o tema HIV não saiu das televisões e noticiários. É chocante e alarmante mas faz sentido relembrar que o problema existe, não se esgota por falarmos nele ou assistirmos a relatos dramáticos de quem não se importa de “dar a cara” a favor da sensibilização. É preciso ter cuidado. Aqui e em qualquer lugar porque este é um vírus que não escolhe raças, cores de pele, classes sociais ou estatuto económico. Pena é que, ao longo do ano, tendamos a fechar os olhos a uma realidade que, de uma forma ou de outra, toca a todos. E quem nunca sentiu receio é certamente inconsciente...

A escrita e os artefactos

Para quem gosta de escrever uma caneta é a extensão de si próprio e um caderno o seu reflexo. São objectos especiais e, por isso, tratados ...