sexta-feira, 18 de abril de 2014

O que dizem os teus olhos...

Há pouca coisa tão fascinante quanto olhar nos olhos de alguém. Para lá da cor, que pode ser mais ou menos bonita, do formato e do brilho, todos os olhos têm expressão: falam; riem; choram. Os olhos transmitem sensações, emoções, sentimentos e dizem-nos o que vai na alma de alguém, são pouco enganadores, basta querermos compreender o que significa a expressão de cada olhar. Há olhares tristes, perdidos, sentidos, ressentidos. Olhares magoados, afogados, desesperados. Olhares cansados, conformados. Olhares zangados, amuados, destroçados. Olhares ternos, delicados, quentes, envolventes, insistentes. Olhares confiáveis, calorosos, acolhedores. Olhares tranquilos, felizes, apaziguados, esperançados. Olhos que riem e que choram, que gritam e lamuriam. Olhos que pedem e suplicam. Olhos profundos, atentos, confiantes e que inspiram. Olhos ausentes, distraídos, desconfiados, duvidosos. Todos os olhos transmitem vida porque estão carregados de emoção. Todos os olhos reflectem o que se sente através da expressão do olhar. 

São Tomé e Príncipe, antes do regresso. Abril 2014

A escrita e os artefactos

Para quem gosta de escrever uma caneta é a extensão de si próprio e um caderno o seu reflexo. São objectos especiais e, por isso, tratados ...