quinta-feira, 26 de março de 2009

Foi Hoje e Foi Bom!

A apresentação do livro “Desenvolvimento Comunitário: das teorias às práticas. Turismo, Ambiente e Práticas Educativas em São Tomé e Príncipe” foi hoje e correu bem. “Casa cheia”, intervenções brilhante da Prof. Clara Carvalho, Presidente do Centro de Estudos Africanos (CEA/ISCTE) e dó Professor Doutor Luís Moita, Vice-Reitor da Universidade Autónoma de Lisboa e Director do Departamento de Relações Internacionais. Foi bom sobretudo olhar para todos os que estavam presentes e rever rostos amigos. Obrigada a Todos!

A edição e lançamento do livro em São Tomé será no próximo dia 6 de Abril na Casa da Cultura, com apresentação do Prof. Rogério Roque Amaro.

Para quem tiver ninteresse em adquirir o livro, os contactos são brigida.brito@iscte.pt; joana.marques@iscte.pt; nunoalarcao@yahoo.com ou cea@iscte.pt  

quarta-feira, 25 de março de 2009

O Dia D

É hoje!
Na sala 223 do ISCTE, pelas 18h
A apresentação do livro é feita pelo Professor Doutor Luís Moita

quinta-feira, 19 de março de 2009

Discurso Directo

A Ti,
que fizeste de mim a pessoa que sou,
que me ensinaste que todos os dias temos a obrigação,
para connosco e para com os outros,
de ser pessoas melhores.
A Ti,
que foste um exemplo de bondade e de compreensão,
de amizade e dedicação,
de simplicidade e de abnegação.
A Ti,
dedico o dia de hoje,
relembrando “Oh vento Suão, obrigado pela tua companhia...”
A Ti,
que foste o melhor Pai do Mundo e que,
onde quer que estejas, continuas a ser.
Feliz Dia do Pai!

sábado, 7 de março de 2009

Perplexidades

Tenho-me contido a falar sobre os últimos acontecimentos da Guiné-Bissau. E diria que por muitas razões. Porque me sinto mais do que envolvida por aquele país, porque as pessoas são, no geral, encantadoras, porque se falou sempre muito, pelo menos desde que fui pela primeira vez àquele país e que fiz a minha primeira incursão em solo africano, sobre as acções do então Presidente Nino Vieira para com os seus inimigos, ou menos amigos, porque este é um dos países mais pobres do Mundo mas apesar disso parece que virou alvo das atenções da economia paralela e da comunidade internacional pelas razões menos abonatórias. E contudo é uma terra de BOA GENTE, AFÁVEL E MUITO ACOLHEDORA, com uma CULTURA RICA E INFINITA, de EXCELENTES INICIATIVAS EM FAVOR DO DESENVOLVIMENTO LOCAL QUE DEVEM SER CONTINUADAS, de DIVERSIDADE PAISAGÍSTICA e de BELEZA SEM FIM. É um país de contrastes e, para quem trabalha nestes contextos, dá uma pilha de nervos pensar que muito mais se poderia conseguir se as preocupações se centrassem apenas no essencial.

Pois, ao longo do tempo, muito se falou e discutiu acerca dos homens que pereceram perante a perplexidade de muitos e a não surpresa de outros. Não farei comentários qualitativos nem acerca de um nem acerca de outro. Não posso nem quero. Não sou guineense e a avaliação que poderia fazer seria sempre parcial, externa e o resultado de uma visão, no mínimo, etnocentrista. Há detalhes, muitos, que desconheço e aos quais jamais terei acesso por não pertencer às etnias Papel ou Balanta, entre outros aspectos igualmente importantes, mesmo sendo uma interessada na matéria. Por mais que as estude, que as contacte e que as tente compreender, há uma parte que nunca conhecerei e esse é um grande limite, para o qual é fundamental estar consciente.

Mas uma coisa é certa: ao ler e ver as notícias que vão surgindo, hora a hora com pormenores mais detalhados da extrema violência que cada um deles viveu nos últimos minutos, e ao falar com todos os que me vão dando mais informações, questiono-me até que ponto o ódio alimentado e a raiva incontida podem levar a actos tão radicais, planeados meticulosamente. E isso é terrivelmente assustador…

domingo, 1 de março de 2009

Turismo na Guiné-Bissau

Estão abertas novas perspectivas para o desenvolvimento do turismo na Guiné-Bissau. A Direcção-Geral do Turismo, Ministério do Turismo e Artesanato tem site na internet. Algumas das secções estão em construção mas perspectiva-se um bom meio de consultas. Além disso, o Consulado da Guiné-Bissau em Portugal disponibiliza também um leque alargado de informações através da sua página on line.

A internacionalização de Lisboa. Paradiplomacia de uma cidade

Motivo de ORGULHO!!! Um projecto que deu um infinito prazer multiplicado por muito trabalho, stress qb e um verdadeiro espírito de colabora...