quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Sob a confortável capa do anonimato

Eu sei que é uma opção e, nestas coisas tal como em outras, não devemos nem podemos forçar ninguém a fazer o que não quer. Mas seria muito mais interessante sabermos com quem trocamos ideias. Comentar qualquer coisa refugiando-se na figura do anonimato é confortável, reconheço e tenho mais é que aceitar já que o sistema o permite. Mas sinceramente... cá para nós que ninguém lê preferia saber com quem discuto estas coisas do desenvolvimento, dos países africanos e das diferentes perspectivas quando olhamos para os outros ou para as paisagens. Aliás, prefiro saber sempre quem comenta o que escrevo, e quem me lê também. Mas vá... que seja... se há quem prefira manter-se na sombra que se deixe estar. “No problem”. “No stress”. Leve-leve...

A escrita e os artefactos

Para quem gosta de escrever uma caneta é a extensão de si próprio e um caderno o seu reflexo. São objectos especiais e, por isso, tratados ...