quarta-feira, 7 de maio de 2008

Ética

Nesta altura, a minha atenção está centrada na prática turística. E, como em tudo o que se faz nesta vida, a palavra “ética” aparece de forma natural, espontânea, imediata. Não é preciso pensar muito para se chegar lá. É preciso ter sentido de responsabilidade, capacidade de interacção, respeito pelas diferenças e muita vontade de aprender. Mas antes de mais, uma inexcedível capacidade de entrega misturada com a curiosidade que nos faz ir um pouco mais além. “Ética”pressupõe ainda correcção, princípios criteriosos e valores.

A escrita e os artefactos

Para quem gosta de escrever uma caneta é a extensão de si próprio e um caderno o seu reflexo. São objectos especiais e, por isso, tratados ...