terça-feira, 6 de maio de 2008

(in) tolerâncias

E também lhe apetecia dizer "se não quiserem não façam, na verdade, nada vos obriga, mas a mim, deixem-me trabalhar, avançar, produzir, realizar". Cada um tem o seu ritmo, é um facto incontestável e respeitável até ao ponto de interferir com o bom funcionamento das acções que estão a ser programadas. Quando isso ocorre deixa de ser tolerável! Será que é difícil de entender...?!

A escrita e os artefactos

Para quem gosta de escrever uma caneta é a extensão de si próprio e um caderno o seu reflexo. São objectos especiais e, por isso, tratados ...