segunda-feira, 31 de dezembro de 2007

2008 está a chegar!

Daqui a poucas horas, muito poucas, 2008 entra nas nossas vidas sem pedir licença. E acho que ainda bem. Não sei porquê mas tenho a sensação que o ano que se aproxima vai ser bom e trará acontecimentos e momentos felizes.
ELE QUE VENHA... DAR CONTINUIDADE AO QUE SE INICIOU EM 2007!!!

Dúvidas sem resposta II

5. O que é que leva os homens, mesmo os que não aparentam problemas capilares, a rapar totalmente o cabelo ao estilo de bola de bilhar?

domingo, 30 de dezembro de 2007

Dúvidas sem resposta

Nos últimos dias tenho dado comigo a questionar alguns comportamentos que cada vez mais estão a ser banalizados como se fossem a normalidade. Aqui ficam algumas das dúvidas para as quais, até agora, não encontrei resposta (e todos os que tenho questionado também não):
1. Porque é que nas casas de banho públicas (centros comerciais, cafés e restaurantes, por exemplo) os utentes não puxam o autoclismo, deixando a sanita simplesmente inundada de papel, entre outros objectos que quem quer que venha a seguir certamente não deseja encontrar (e imagine-se quem tem a ingrata tarefa de limpar...)? Será que em casa fazem o mesmo????
2. Depois da publicidade informativa que temos vindo a assistir sobre o número de mortes em acidentes de viação, os condutores deste simpático país continuam a conduzir como se já tivessem ao seu dispor o remédio para a eternidade. Sentir-se-ão intocáveis????
3. Falando de Ambiente, a consciência colectiva portuguesa insiste e persiste em não separar, não reutilizar e não reciclar. Porquê???
4. Porque é que nos locais públicos fechados onde ainda se fuma, os fumadores além de imporem o fumo desagradável para quem não fuma, preferem atirar as beatas para o chão do que colocá-las num cinzeiro depois de as apagarem????
E voltarei às dúvidas sem resposta porque há mais!!!!

sexta-feira, 28 de dezembro de 2007

Na companhia dele...


... a VIDA é uma ALEGRIA permanente e repleta de descobertas :-)
Amanhã vai finalmente descobrir os encantos de um passeio na rua e de um banho quente. Espera-se uma tremenda festa... ;-)

quinta-feira, 27 de dezembro de 2007

Apetece-me...

Apetece-me sentir e viver esta época de forma tranquila mas sem esquecer a magia que só se consegue reconhecer quando somos crianças.
Apetece-me apreciar os dias de forma simples e descontraída como se o Mundo jamais acabasse e a vida fosse eterna.
Apetece-me ver os dias começar e também chegar ao fim com um entardecer de cores fortes e intensas e ter a certeza de que haverá um novo dia em que posso idealizar e realizar sem limites.
Apetece-me sentir os minutos passar devagar devagarinho, “leve leve só” ou “tudo suave” saboreando cada um como se em todos houvesse um cheiro frutado, um paladar adocicado ou a visão da perfeição.
Apetece-me simplesmente chegar ao fim de mais um ano com a expectativa de que o próximo trará coisas boas, a mim e a todos, e que temos quase tudo ao nosso dispor para tornar os dias mais felizes, os nossos e os dos outros.

quinta-feira, 20 de dezembro de 2007

CEA

O site do Centro de Estudos Africanos está renovado, mais bonito e com funcionalidades muito mais fáceis de aceder. É possível linkar a Biblioteca Central de Estudos Africanos mas também fazer download de documentos científicos, consultar informações sobre os Projectos em curso, e os CV dos investigadores. Vale a pena uma (re)visita.

 

terça-feira, 18 de dezembro de 2007

FELIZ NATAL...

O NATAL é uma época de FELICIDADE e de HARMONIA, de PAZ e de TRANQUILIDADE de REENCONTROS connosco e com todos os outros. E neste NATAL desejo a todos os que por aqui passam com regularidade, de quando em vez, ou por um simples acaso e uma única vez, VIVÊNCIAS MUITO FELIZES.
E... que 2008 seja O ANO dos SONHOS FELIZES CONCRETIZADOS, dos ANSIADOS DESEJOS SATISFEITOS e de APRENDIZAGENS TRANQUILAS e SÁBIAS.
E que neste ano que se aproxima saibamos dosear o romantismo e a racionalidade, a loucura, a aceitação da realidade e o reconhecimento do impossível.
Mas sobretudo que tenhamos a humildade de perceber e admitir que o que hoje sabemos é apenas uma infima parte do que temos ainda para aprender e que só vivendo é que conseguimos realizar essa proeza.
E ainda que tenhamos a sabedoria e a inteligência para distinguir o que queremos muito e o que não passa de um capricho, o que nos faz feliz e o que na verdade não nos serve, o essencial do superficial...
E sejam muito felizes!!! Eu vou fazer a minha parte, esse é o meu propósito nº 1 para 2008!!!!
Abraços e Beijinhos

sábado, 15 de dezembro de 2007

Natal

Parece-me pouco real mas estamos a poucos dias do Natal. Gosto muito desta época, é mesmo a minha época preferida mas... este ano, e sem saber porquê, não tenho sensação de estarmos em Dezembro. E muito menos no Natal. Estranha sensação esta...

quarta-feira, 12 de dezembro de 2007

Once again

Na verdade não entendo o que se passa. É a terceira vez em que estou prestes a chegar à afonia. Será possível???

quarta-feira, 5 de dezembro de 2007

Conferência na Faculdade de Letras


Turismo Solidário em STP, Diogo Vaz

Um dia diferente no restaurante da escola - Só para 20 pessoas!!!
A escola de campo de Diogo Vaz fará a primeira demonstração de gastronomia, realizada pelos alunos da escola de Campo que participam nas aulas de formação em restauração dirigidas por Inês Cunha que tem orientado também a diversificação da gastronomia no antigo restaurante "Pirata".
Gostaríamos contar com a vossa presencia e opinião neste dia (Domingo 9 de Dezembro. O "restaurante" estará aberto de 13 a 15.30 horas ). Se poderá visitar o projecto, assistir a um espectáculo e visitar o centro de artesanato.A vossa presencia nos ajudara a continuar e a melhorar a formação ao mesmo tempo de contribuirá a fazer da escola um projecto auto-sustentavel.A reserva pode ser feita através deste mail ou no Café & Cia ate a sexta feira
Ementa: Ponche de coco, Pão de alho, Molho de abacate, Pudim de beringela, Lasanha, Bolo de manga, Café, Licor de baunilha (150.000 Dobras/pessoa, Não inclui bebidas).
Reservas no Café & Cia ou por telefone:222573 / 904492 ou por mail ao ciacnat@cstome.net
As pessoas podem levar as suas bebidas se o desejar, na escola só teremos cerveja, sumol e agua
Obrigada,NORA RIZZO, Coordenadora do projecto e Vice presidenta da Natcultura

segunda-feira, 3 de dezembro de 2007

5 Filmes da Minha Vida

A Pitucha escolheu-me como vítima para identificar os filmes da minha vida. Não sei se os posso qualificar desta forma porque há certamente outros que me marcaram muito. Mas como só posso escolher 5 aqui vão, sem qualquer ordem de preferência:
1. Ana e o Rei - porque me lembra uma fase terna e cheia de sonhos vivida durante a infância, altura em que qualquer história tinha inevitavelmente um final feliz. Esta foi uma história para a vida porque me ensinou que o amor é um sentimento que tem de ser alimentado.
2. África Minha - porque nos conta na primeira pessoa uma história de emoções, paixões e desilusões, vividas em África. Talvez só lá fosse possível... Foi um filme que assisti pela primeira vez na minha adolescência e que me marcou para a vida.
3. O Capitão Corelli - porque, uma vez mais, há sentimentos que só são devidamente avaliados e apreciados em momentos críticos, quando o mundo está a desabar à frente dos nossos olhos sem que possamos alterar o rumo dos acontecimentos.
4. As Pontes de Madison County - porque nem sempre o "ter um final feliz" tem o significado que lhe queremos atribuir, por vezes quer simplesmente dizer "é como tem de ser".
5. O Último Samurai - porque traduz de forma impar as diferenças culturais e a capacidade que temos de as ultrapassar por uma boa causa.

E agora resta-me nomear outros, tarefa difícil e mais do que ingrata: ÁGUA LISA, CHUINGA, DIGITALIS, L&E, 2+2=5

domingo, 2 de dezembro de 2007

What's your name...?

BOND, not James only BOND :-)


Aí está ele acabadinho de chegar :-) Bond no seu melhor, a brincar, aconchegado nas festas e a recuperar forças para novas brincadeiras. Este foi um fim-de-semana repleto de surpresas mas o Mundo está cheio de novidades e a Vida é uma descoberta permanente. O Bond é rapaz curioso e vivo, divertido e muito ternurento. E como bom exemplar da raça já se sente o principezinho do novo lar.

Kuma di curpo... curpo sta bem

Ontem foi o dia em que conversei calmamente com um amigo que partiu porque teve de se ausentar deste mundo por ter sido chamado para outras...