domingo, 11 de novembro de 2007

Nomes...

Escolher um nome não é uma tarefa fácil. É a referência identitária e o significado traduz um pouco tudo aquilo que vamos ser e fazer ao longo da nossa vida. O meu significa “grande força” e, de alguma forma, poderá explicar aquela teoria, que tem circulado de geração em geração, de que, à semelhança do Obelix, à nascença eu terei caído no caldeirão da poção mágica... Pois nesta altura andamos num desassossego engraçado, a fazer listagens de nomes que são submetidos à apreciação familiar. O consenso ainda não foi conseguido, o que significa que ainda não sai fumo branco da chaminé desta casa J

 

A escrita e os artefactos

Para quem gosta de escrever uma caneta é a extensão de si próprio e um caderno o seu reflexo. São objectos especiais e, por isso, tratados ...