quarta-feira, 31 de outubro de 2007

Simpósio Internacional Guiledje

O Simpósio Internacional "Guiledje, na rota da independência da Guiné-Bissau" terá lugar entre 1 e 7 de Março de 2008, entre Bissau e Cantanhez. A lista de oradores, o programa, informações várias e a brochura de divulgação podem ser consultados no site oficial do Simpósio, de onde foi retirada a imagem acima apresentada.

segunda-feira, 22 de outubro de 2007

Com 15 dias

Olá! Tenho apenas 15 dias e, como se pode ver, sou lindo! Apaixonei as minhas novas donas porque mal me viram ficaram com um sorriso meio estranho na cara como se fosse a coisa mais linda que algum dia viram. Como ainda sou bem pequenino continuo na casa dos meus pais junto das minhas irmãs, da minha mãe e do meu avô. Dentro de um mês e meio vou conhecer um novo Mundo e, como sou muito comunicativo e curioso, acho que vou gostar muito de conviver com os meus novos donos.
De onde este veio há mais. Quem estiver interessado consulte o site dos BOXERS D'ARA ou contacte directamente o criador através de email.

sexta-feira, 19 de outubro de 2007

Seminário ESCOLA DE MAR sobre Cetáceos

Sábado 20 de Outubro
Seminário a decorrer na Rua Actriz Virgínia (Areeiro, Lisboa)
Actividade de dia inteiro com apresentações de investigadores portugueses
10:00 – Golfinhos de Portugal – Passado, Presente e Futuro, Cristina Brito
10:45 – Influência do Canhão da Nazaré no Aparecimento de Golfinhos no Mar da Nazaré, Erica Sá
11:30 – Intervalo para café
12:00 – Arrojamentos no Litoral de Alcobaça - dos Arrojamentos à Investigação, Sofia Quaresma
12:45 – A importância da Educação Ambiental na conservação de cetáceos, Brígida Brito
13:30 - Intervalo para almoço (responsabilidade de cada participante)
15:00 – Análise Genética – Do Indivíduo às Populações, José António Matos
15:45 – Filogeografia e estrutura populacional do golfinho-comum (género Delphinus), Ana Rita Amaral
16:30 – Intervalo para café
17:00 – Estudo e Conservação de Cetáceos em São Tomé e Príncipe, Golfo da Guiné, Cristina Picanço
17:45 – Conservação de Cetáceos – A Triste Realidade e o Urgente Desafio, Élio Vicente
18:30 – Encerramento do seminário

Escola de Mar - Investigação, Projectos e Educação em Ambiente e Artes, Lda.
Lisboa - 218486742/966552928

terça-feira, 16 de outubro de 2007

Uma delícia

A foto é do Viagem a S. Tomé e Príncipe
São Tomé e Príncipe é uma delícia de um país. Não me canso de o dizer com um infinito sorriso nos lábios.
Vim até ao Viagem a S. Tomé e Príncipe por indicação de um amigo, que sente o mesmo deslumbramento pelo arquiélago de todos os sonhos :-)
Os sorrisos, a tranquilidade, a plena noção de que ali se pode ser feliz, o "leve leve" que nos invade mal saímos do avião, as paisagens, a biodiversidade, a gastronomia e os ritmos, e... e... e...
Ao ver e rever as fotos publicadas no blog voei até lá e, num ápice, revivi momento a momento de estadias inesquecíveis, que hoje sei que foram determinantes para a minha vida. Obrigada por esta viagem virtual :-)

segunda-feira, 15 de outubro de 2007

Anisakis, once again

E o maldito do Anisakis que me acompanha para todo o lado voltou a atacar com edema. Há tempos que não o sentia de forma tão incisiva e, a bem dizer da verdade, até que dispensava tal sensação. Dá vontade de dizer... “vai, volta para onde estavas a dormitar porque lá é que estavas bem”. Agora cá vai a novidade... a dormência na face com inchaço e a grossura na garganta vieram acompanhadas de dor. Venham-me cá com teorias de que se não comer mais peixe mal passado isto passa com o tempo... tá bem tá!

 

sábado, 13 de outubro de 2007

Relatórios

Uma coisa que, em termos profissionais, me dá muito gozo fazer é relatórios de estudos, de missões e diagnósticos. Pegar na informação que foi sendo recolhida informal ou formalmente, mas com um carácter sistemático e regular, muitas vezes em folhas rabiscadas e com letra incerta por estar em pé, num carro aos solavancos ou num barco, enquanto escrevinho e anoto, procurando reter toda e qualquer informação que possa vir a ser útil num diário de missão e complementada por registos fotográficos. Nesta altura, estou em fase de plena escrita de um relatório anual das actividades desenvolvidas numa investigação. Tarefa que, à maioria, pode parecer enfadonha mas que para mim é uma delícia!  Mas muito melhor, tenho de preparar também a apresentação daquilo que é uma análise comparativa entre três realidades insulares africanas que tenho estudado: Bijagós na Guiné-Bissau, Cabo Verde e São Tomé e Príncipe. É curioso como a relação entre o Homem e o Ambiente pode resultar de forma tão diferenciada, tendo na base espécies comuns por exemplo. As representações sociais são diferentes e marcadas por culturas próprias e os efeitos, no sentido da utilização excessiva ou da conservação de espécies mesmo que ameaçadas, completamente díspares. O que a cultura faz... a uns limita a acção e a outros promove-a! E... começo a achar que, no próximo ano, gostava de reunir os materiais todos de forma interessante para que fossem editados. A ver vamos!

Uma verdade inconveniente e o Nobel da Paz

E o Al Gore ganhou o Prémio Nobel da Paz. A foto é daqui.
A ideia pode parecer estranha quando o documentário e o livro "Uma Verdade Inconveniente" falam de Quioto, mudanças climáticas, aquecimento global, efeitos das catástrofes naturais, com análises históricas e prospectivas. E falam de recursos naturais vitais como a água e outros não tanto mas que garantem o equilíbrio ambiental numa perspectiva de sustentabilidade. E falam de energias tradicionais, poluentes e que têm até ao presente demonstrado um desempenho económico significativo, e de energias alternativas, limpas e menos rentáveis no curto prazo mas que encerram a ideia do longo prazo e da continuidade deste magnífico Planeta onde todos vivemos e que se chama TERRA. O que se fala é também de um equilíbrio socioambiental com contornos políticos e com implicações económicas. Uma excelente altura para se falar sem parar na problemática ambiental, no quanto dependemos da natureza e da necessidade imperiosa de construirmos um futuro melhor.

sexta-feira, 12 de outubro de 2007

Às vezes...

Às vezes apetecia-me fechar os olhos e deixar o pensamento seguir os passos da imaginação, sem parar... Às vezes apetecia-me que as histórias contadas à noite no meio do sono se pudessem transformar em realidade... Às vezes apetecia-me ter um ouvido selectivo e não dar conta do ruído que bloqueia o raciocínio... Às vezes apetecia-me esquecer a altivez, a distância e a arrogância que tanto me confundem, ainda, em algumas pessoas... Às vezes apetecia-me fazer com que o ritmo alucinante parasse só para deixar a contemplação ganhar espaço e enriquecer todos quantos andam por aí a pensar que têm existências importantes sem perceberem que o essencial está nas pequenas coisas!

 

quinta-feira, 11 de outubro de 2007

Alucinando

Na minha praceta, cada dia parece ser um dia diferente do anterior. E ainda costumo eu dizer que vivo num local calmo e tranquilo... Pois hoje, no jardim de uma casa que está a ser reabilitada, decidiram desbastar uma palmeira e cortar várias iucas. E para mal dos meus ouvidos, estão com uma moto-serra nas mãos, em plena actividade, desde manhã...
Poder-se-á imaginar o que é... desbastar uma palmeira que tem crescido, mês após mês desde há uns bons 20 anos???? Brrrruuuuuuuum....

domingo, 7 de outubro de 2007

Congresso: reportagem da actividade social

A Mariana divulgou-nos :-) e mostrou a parte mais social do Congresso. E deixou saudades :-) e vontade que 2009 chegue depressa para rever caras, aprender com as experiências de uns e de outros e conviver, muito!

Sonho

Esta noite sonhei contigo, o que é estranho já que não te vejo há um bom par de anos. E, para ser franca, nem percebi porque é que de repente me apareceste no meio de um sonho. Ali estavas tu, bem melhor de vida e a conduzir uma carrinha Mercedes que dizias ser tua e que carregavas com vasos de plantas. Mas como sempre saltitavas de lugar em lugar. Não sei porque apareceste porque não estiveste presente durante toda a história relatada pelo meu subconsciente e nem sequer havia qualquer ligação entre a tua presença e tudo o resto. A dada altura, sempre a rir de forma muito sonora, lá foste embora por uma estrada poeirenta e estreita que bem podia ser em África, fazendo com que o pó levantado fosse tanto que os que ficaram deixaram de te ver.

 

sábado, 6 de outubro de 2007

Copenhaga: sem legendas ou 1 imagem por 1000 palavras






Deabulando por Copenhaga, Setembro de 2007

Xiiiiiu!!!

Há dias em que não me apetece escrever. Não por não ter nada para dizer porque até tenho, mas porque sempre me ensinaram que há coisas que não se devem dizer e muito menos escrever. E hoje estou assim, com muita coisa que poderia escrever mas sem o querer fazer. Mais vale estar quieta e calada. A comunidade agradece e eu também...

 

quarta-feira, 3 de outubro de 2007

Momentos do Congresso 03

Ainda pode ser visitada até dia 19 de Outubro, em Santiago de Compostela.
Olhares de quem é apaixonado pelo Mundo Lusófono, Áfricas incluídas... (destacando os meus amigos Mário Jaleco, Ricardo França e o blogamigo Jorge Rosmaninho)

A escrita e os artefactos

Para quem gosta de escrever uma caneta é a extensão de si próprio e um caderno o seu reflexo. São objectos especiais e, por isso, tratados ...