sábado, 18 de agosto de 2007

Fogo

Todos temos de ter atenção aos fogos e os fumadores um pouco mais do que os outros. Há coisa de duas horas, em frente à minha casa ocorreu mais um incêndio. As dimensões e os estragos não foram grandes, quando comparados com o que acontece noutras regiões. Mas se pensarmos que a zona residencial onde vivo é muito ventosa e rodeada de espaços verdes, a maioria em estado natural (leia-se sem tratamento ajardinado), assusta um pouco olhar pela janela e ver fumo sem fim e labaredas em crescimento. Foi o que hoje aconteceu. Vivo perto dos bombeiros e, uma vez mais, eles foram rápidos e eficientes em controlar a situação fazendo com que o pior ficasse restringido a uma área arbustiva. Mas poderia ter sido muito pior, essa é que é essa. E qual foi a causa...?! Pois é... uma ponta de cigarro aceso que foi atirado para o chão sem qualquer preocupação com os resultados. Inconsciência, portanto...

 

A escrita e os artefactos

Para quem gosta de escrever uma caneta é a extensão de si próprio e um caderno o seu reflexo. São objectos especiais e, por isso, tratados ...