sábado, 18 de agosto de 2007

De novo... o fogo!

Muito mais vezes do que gostaria, há alturas em que tenho uma imensa dificuldade em me concentrar para escrever... lá vem mais fumo e eu corro para a janela do outro lado da casa... de novo!!! Desta vez levo comigo a máquina... e agora o fogo reacendeu mas com maiores dimensões... Coincidência? Nem sequer faz muito calor... e dois cigarros na mesma tarde numa praceta tranquila e pacata... parece demais...


A escrita e os artefactos

Para quem gosta de escrever uma caneta é a extensão de si próprio e um caderno o seu reflexo. São objectos especiais e, por isso, tratados ...