sábado, 18 de agosto de 2007

É assim...

Há coisas que me desconcertam. Não deveria mas, para ser honesta comigo mesma, tenho de o reconhecer. A indiferença para com os problemas dos outros, o centramento da vida e do Mundo num “eu” que se pretende fazer importante, a soberba, a altivez e a arrogância. Conviver com tudo isto não é fácil e torna o dia a dia em qualquer coisa muito desconfortável. Mas por vezes... a vida é assim...

 

A escrita e os artefactos

Para quem gosta de escrever uma caneta é a extensão de si próprio e um caderno o seu reflexo. São objectos especiais e, por isso, tratados ...