quinta-feira, 5 de julho de 2007

Desabafo

Olha... posso dar-te um conselho? Vai devagar. Não sei se o andor é de barro mas não estiques tanto a corda porque, apesar de ter um aspecto forte, pode partir. Sou tolerante, é verdade, procuro respirar fundo 10 vezes quando a coisa começa a andar torta e a ultrapassar o meu limite. Tento não responder curto e grosso, mas olha que, na maioria das vezes, me ultrapasso a mim mesma e a resposta sai quando não quero e acho que não devo. Mas depois já está e pouco há a fazer porque também quando chega a este ponto pouco há a fazer para remediar o que foi dito. Pois se queres que tudo corra sobre rodas e vá andando na tranquilidade e na paz dos anjos, por favor... take it easy...

A escrita e os artefactos

Para quem gosta de escrever uma caneta é a extensão de si próprio e um caderno o seu reflexo. São objectos especiais e, por isso, tratados ...