sexta-feira, 19 de janeiro de 2007

Sorte...?!

Por vezes, custa muito a admitir que as contrariedades da vontade mais profunda acabam por ser o resultado da conjugação da sorte com o destino e sabe-se lá de mais o quê. Antes assim, do mal o menos. Nada como um momento de lucidez e de clareza mental!

 

A escrita e os artefactos

Para quem gosta de escrever uma caneta é a extensão de si próprio e um caderno o seu reflexo. São objectos especiais e, por isso, tratados ...