segunda-feira, 31 de dezembro de 2007

2008 está a chegar!

Daqui a poucas horas, muito poucas, 2008 entra nas nossas vidas sem pedir licença. E acho que ainda bem. Não sei porquê mas tenho a sensação que o ano que se aproxima vai ser bom e trará acontecimentos e momentos felizes.
ELE QUE VENHA... DAR CONTINUIDADE AO QUE SE INICIOU EM 2007!!!

Dúvidas sem resposta II

5. O que é que leva os homens, mesmo os que não aparentam problemas capilares, a rapar totalmente o cabelo ao estilo de bola de bilhar?

domingo, 30 de dezembro de 2007

Dúvidas sem resposta

Nos últimos dias tenho dado comigo a questionar alguns comportamentos que cada vez mais estão a ser banalizados como se fossem a normalidade. Aqui ficam algumas das dúvidas para as quais, até agora, não encontrei resposta (e todos os que tenho questionado também não):
1. Porque é que nas casas de banho públicas (centros comerciais, cafés e restaurantes, por exemplo) os utentes não puxam o autoclismo, deixando a sanita simplesmente inundada de papel, entre outros objectos que quem quer que venha a seguir certamente não deseja encontrar (e imagine-se quem tem a ingrata tarefa de limpar...)? Será que em casa fazem o mesmo????
2. Depois da publicidade informativa que temos vindo a assistir sobre o número de mortes em acidentes de viação, os condutores deste simpático país continuam a conduzir como se já tivessem ao seu dispor o remédio para a eternidade. Sentir-se-ão intocáveis????
3. Falando de Ambiente, a consciência colectiva portuguesa insiste e persiste em não separar, não reutilizar e não reciclar. Porquê???
4. Porque é que nos locais públicos fechados onde ainda se fuma, os fumadores além de imporem o fumo desagradável para quem não fuma, preferem atirar as beatas para o chão do que colocá-las num cinzeiro depois de as apagarem????
E voltarei às dúvidas sem resposta porque há mais!!!!

sexta-feira, 28 de dezembro de 2007

Na companhia dele...


... a VIDA é uma ALEGRIA permanente e repleta de descobertas :-)
Amanhã vai finalmente descobrir os encantos de um passeio na rua e de um banho quente. Espera-se uma tremenda festa... ;-)

quinta-feira, 27 de dezembro de 2007

Apetece-me...

Apetece-me sentir e viver esta época de forma tranquila mas sem esquecer a magia que só se consegue reconhecer quando somos crianças.
Apetece-me apreciar os dias de forma simples e descontraída como se o Mundo jamais acabasse e a vida fosse eterna.
Apetece-me ver os dias começar e também chegar ao fim com um entardecer de cores fortes e intensas e ter a certeza de que haverá um novo dia em que posso idealizar e realizar sem limites.
Apetece-me sentir os minutos passar devagar devagarinho, “leve leve só” ou “tudo suave” saboreando cada um como se em todos houvesse um cheiro frutado, um paladar adocicado ou a visão da perfeição.
Apetece-me simplesmente chegar ao fim de mais um ano com a expectativa de que o próximo trará coisas boas, a mim e a todos, e que temos quase tudo ao nosso dispor para tornar os dias mais felizes, os nossos e os dos outros.

quinta-feira, 20 de dezembro de 2007

CEA

O site do Centro de Estudos Africanos está renovado, mais bonito e com funcionalidades muito mais fáceis de aceder. É possível linkar a Biblioteca Central de Estudos Africanos mas também fazer download de documentos científicos, consultar informações sobre os Projectos em curso, e os CV dos investigadores. Vale a pena uma (re)visita.

 

terça-feira, 18 de dezembro de 2007

FELIZ NATAL...

O NATAL é uma época de FELICIDADE e de HARMONIA, de PAZ e de TRANQUILIDADE de REENCONTROS connosco e com todos os outros. E neste NATAL desejo a todos os que por aqui passam com regularidade, de quando em vez, ou por um simples acaso e uma única vez, VIVÊNCIAS MUITO FELIZES.
E... que 2008 seja O ANO dos SONHOS FELIZES CONCRETIZADOS, dos ANSIADOS DESEJOS SATISFEITOS e de APRENDIZAGENS TRANQUILAS e SÁBIAS.
E que neste ano que se aproxima saibamos dosear o romantismo e a racionalidade, a loucura, a aceitação da realidade e o reconhecimento do impossível.
Mas sobretudo que tenhamos a humildade de perceber e admitir que o que hoje sabemos é apenas uma infima parte do que temos ainda para aprender e que só vivendo é que conseguimos realizar essa proeza.
E ainda que tenhamos a sabedoria e a inteligência para distinguir o que queremos muito e o que não passa de um capricho, o que nos faz feliz e o que na verdade não nos serve, o essencial do superficial...
E sejam muito felizes!!! Eu vou fazer a minha parte, esse é o meu propósito nº 1 para 2008!!!!
Abraços e Beijinhos

sábado, 15 de dezembro de 2007

Natal

Parece-me pouco real mas estamos a poucos dias do Natal. Gosto muito desta época, é mesmo a minha época preferida mas... este ano, e sem saber porquê, não tenho sensação de estarmos em Dezembro. E muito menos no Natal. Estranha sensação esta...

quarta-feira, 12 de dezembro de 2007

Once again

Na verdade não entendo o que se passa. É a terceira vez em que estou prestes a chegar à afonia. Será possível???

quarta-feira, 5 de dezembro de 2007

Conferência na Faculdade de Letras


Turismo Solidário em STP, Diogo Vaz

Um dia diferente no restaurante da escola - Só para 20 pessoas!!!
A escola de campo de Diogo Vaz fará a primeira demonstração de gastronomia, realizada pelos alunos da escola de Campo que participam nas aulas de formação em restauração dirigidas por Inês Cunha que tem orientado também a diversificação da gastronomia no antigo restaurante "Pirata".
Gostaríamos contar com a vossa presencia e opinião neste dia (Domingo 9 de Dezembro. O "restaurante" estará aberto de 13 a 15.30 horas ). Se poderá visitar o projecto, assistir a um espectáculo e visitar o centro de artesanato.A vossa presencia nos ajudara a continuar e a melhorar a formação ao mesmo tempo de contribuirá a fazer da escola um projecto auto-sustentavel.A reserva pode ser feita através deste mail ou no Café & Cia ate a sexta feira
Ementa: Ponche de coco, Pão de alho, Molho de abacate, Pudim de beringela, Lasanha, Bolo de manga, Café, Licor de baunilha (150.000 Dobras/pessoa, Não inclui bebidas).
Reservas no Café & Cia ou por telefone:222573 / 904492 ou por mail ao ciacnat@cstome.net
As pessoas podem levar as suas bebidas se o desejar, na escola só teremos cerveja, sumol e agua
Obrigada,NORA RIZZO, Coordenadora do projecto e Vice presidenta da Natcultura

segunda-feira, 3 de dezembro de 2007

5 Filmes da Minha Vida

A Pitucha escolheu-me como vítima para identificar os filmes da minha vida. Não sei se os posso qualificar desta forma porque há certamente outros que me marcaram muito. Mas como só posso escolher 5 aqui vão, sem qualquer ordem de preferência:
1. Ana e o Rei - porque me lembra uma fase terna e cheia de sonhos vivida durante a infância, altura em que qualquer história tinha inevitavelmente um final feliz. Esta foi uma história para a vida porque me ensinou que o amor é um sentimento que tem de ser alimentado.
2. África Minha - porque nos conta na primeira pessoa uma história de emoções, paixões e desilusões, vividas em África. Talvez só lá fosse possível... Foi um filme que assisti pela primeira vez na minha adolescência e que me marcou para a vida.
3. O Capitão Corelli - porque, uma vez mais, há sentimentos que só são devidamente avaliados e apreciados em momentos críticos, quando o mundo está a desabar à frente dos nossos olhos sem que possamos alterar o rumo dos acontecimentos.
4. As Pontes de Madison County - porque nem sempre o "ter um final feliz" tem o significado que lhe queremos atribuir, por vezes quer simplesmente dizer "é como tem de ser".
5. O Último Samurai - porque traduz de forma impar as diferenças culturais e a capacidade que temos de as ultrapassar por uma boa causa.

E agora resta-me nomear outros, tarefa difícil e mais do que ingrata: ÁGUA LISA, CHUINGA, DIGITALIS, L&E, 2+2=5

domingo, 2 de dezembro de 2007

What's your name...?

BOND, not James only BOND :-)


Aí está ele acabadinho de chegar :-) Bond no seu melhor, a brincar, aconchegado nas festas e a recuperar forças para novas brincadeiras. Este foi um fim-de-semana repleto de surpresas mas o Mundo está cheio de novidades e a Vida é uma descoberta permanente. O Bond é rapaz curioso e vivo, divertido e muito ternurento. E como bom exemplar da raça já se sente o principezinho do novo lar.

sexta-feira, 30 de novembro de 2007

Projecto U'anan - TV Comunitária

Foi inaugurada a TV Massar (TV Estrela, em língua Nalu) associada ao Projecto U'anan em Iemberem, Guiné-Bissau, com o objectivo de promover o desenvolvimento comunitário e a cidadania.

Cooperação Angola-STP

Os jornalistas santomenses vão receber formação na área da comunicação social em Luanda. Cooperação regional africana em funcionamento. Espera-se que por uma boa causa e com resultados idóneos. Mais detalhes no Alto Hama,

quarta-feira, 28 de novembro de 2007

Obrigada Pitucha!!!

A blogosfera tem, de facto, situações engraçadas! A Pitucha soube que eu gostava de tartarugas e que andava tentada a fazer uma colecção, apesar de ser tudo menos disciplinada. Gosto de as ir reunindo mas sempre achei que não podia chamar colecção ao conjunto porque, para mim, uma colecção implica um número bem elevado de exemplares. E isso... eu não tinha. E aí está, acabei de receber dois lindíssimos exemplares, fantásticos e que já estão bem enquadrados no meio das outras e com uma peça de artesanato de São Tomé e Principe, um quadro de madeira com a representação de uma praia com direito a coqueiros e tudo. Obrigada Pitucha!!!!! Adorei :-)

segunda-feira, 26 de novembro de 2007

Back to reality

Voltei!
Bucareste é uma cidade diferente de todas as que conheci até hoje. Encantandora reunindo um misto do dinamismo das economias de mercado com a dura herança de uma longa influência comunista que, apesar de tudo, persiste. As pessoas são simpáticas e deliciosamente acolhedoras, sorridentes, latinas. Procuram comunicar e o que nos impede de estabelecer uma conversação mais prolongada, na generalidade das situações, é a ausência de uma língua em comum. Mas mesmo assim lá nos vamos entendendo com português, espanhol, inglês, muitas palavras romanas à mistura e uma boa dose de linguagem gestual. Lido percebe-se mas falado parece incompreensível...
Nos dias em que lá estive fui beneficiada com céu azul e sol apenas no primeiro dia porque depois a névoa invadiu a cidade, acompanhada por frio. O turismo, apesar de potencial para diversos segmentos, é ainda uma miragem e para nós as longas horas de voo com direito a escala tornam a viagem mais dura.

segunda-feira, 19 de novembro de 2007

Até para a semana

E estou quase de partida para Bucareste. Para descanso das "más línguas" que já me imaginam a passear por solo romeno, vou em trabalho e pouco, ou nenhum, lazer me vai calhar em sorte. É para aqui que vou e o programa é mais do que intenso. Vai ser "The 2007 International Conference on Tourism". E eu, pois claro, lá vou falar sobre a relação entre a Educação Ambiental e o Turismo Ecológico em meio insular africano. O que mais prazer me poderia dar??? Até para a semana portanto que eu vou mostrar ao frio o que se passa pelo Equador.

sábado, 17 de novembro de 2007

Frio

Finalmente o “dono da meteorologia” ouviu-me. Estamos em Novembro e o tempo arrefeceu e, ao que parece, vai chover nos próximos dias. Começo a preparar-me para o verdadeiro frio de Bucareste, onde se prevê que na próxima semana estejam, de mínima, entre -3º e -5º...

Falta de Ar

Cá para mim pelo menos, soa estranho pensar nisto mas, na verdade, há uns bons 20 anos que não tinha uma crise de falta de ar como a que tive na noite de 5ª para 6ª feira. Aliás, tinha a ideia, e estava plenamente convencida, de que estas crises tinham ficado no passado e tinham sido alegremente substituídas pelas alergias alimentares. Mas enganei-me. Ontem, durante o dia, ainda andei malito mas os corticóides são de facto magníficos quando se pretende resolver este tipo de problemas rapidamente. Esta noite já dormi tranquilamente e hoje estou bem melhor. Qual foi a causa? Foi o dia em que andaram a limpar os móveis e as portas com “Pronto Óleo de Cedro”, esse malfadado produto de limpeza que provoca reacções de grande intolerância nos alérgicos. Há uns anos que aqui em casa o tínhamos deixado de utilizar precisamente porque me causava problemas respiratórios. E, também a bem dizer da verdade, não sei o que me deu para o comprar de novo... Esperteza a minha!!!!

terça-feira, 13 de novembro de 2007

E depois...

E depois... dá nisto. Em três semanas estou a ficar afónica pela segunda vez.

Tempo

Pode até parecer estranho mas a verdade é que estou cansada do calor. Um calor fora de época que teima em persistir marcando uma posição que ninguém ainda percebeu qual é. Este sim é um tempo estranho para Portugal em meados de Novembro quando uma grande parte dos espaços exteriores e interiores estão decorados com artigos de Natal. Pode parecer estranho mas não me sinto confortável e, de dia para dia, penso que nos estamos cada vez mais a aproximar dos trópicos. Sim isso até poderia ser bom mas não me agrada. É que quando estou por lá as temperaturas elevadas, a humidade em excesso e tanto mais são condições normais. Mas aqui não! Quero dias frios e um pouco de chuva a salpicar o ambiente, quero ter vontade de comer castanhas assadas e quentes na rua enquanto o vento me bate na cara. Quero ter vontade de ver montras a pensar no Pai Natal e em todos os sapatinhos que neste ano vão aguardar por um presente. Quero vestir uma camisola de gola alta confortável e calçar umas luvas e pôr um gorro de lã na cabeça. Quero olhar para o céu, num final de tarde como o de hoje, e reconhecer que as cores de Inverno são verdadeiras e não me enganam.

domingo, 11 de novembro de 2007

Fumo branco :-)

Finalmente, depois de grande indecisão, o nome está escolhido.
Ele é sedutor, simpático, inteligente, curioso e vai ser muito enérgico. E, além de tudo o mais, vai ser o herói de todos nós, grandes e pequenos :-)

Nomes...

Escolher um nome não é uma tarefa fácil. É a referência identitária e o significado traduz um pouco tudo aquilo que vamos ser e fazer ao longo da nossa vida. O meu significa “grande força” e, de alguma forma, poderá explicar aquela teoria, que tem circulado de geração em geração, de que, à semelhança do Obelix, à nascença eu terei caído no caldeirão da poção mágica... Pois nesta altura andamos num desassossego engraçado, a fazer listagens de nomes que são submetidos à apreciação familiar. O consenso ainda não foi conseguido, o que significa que ainda não sai fumo branco da chaminé desta casa J

 

sábado, 10 de novembro de 2007

Regresso do encontro

Voltei e vim rendida aos encantos deste encantador pequeno Ser. É:
- simpático e cordial
- meigo e muito afectuoso
- fofo
- curioso
Notei diferenças desde a primeira vez em que o vi, altura em que me apaixonei perdidamente. Está maior, mais preenchido (leia-se gordito), refilão e destemido, o que é um indício real da personalidade que por certo o assiste.
Mais uma vez, quem estiver interessado, o criador Boxers D'Ara tem cachorros lindos (machos e fêmeas) para vender.


Encontro

Hoje vou vê-lo, ou melhor revê-lo, e a minha ansiedade aumenta a cada minuto que passa. Como é que estará? Como me irá receber? Os encontros esperados são magníficos exercícios de controle emocional. Darei notícias quando regressar... J

 

sexta-feira, 9 de novembro de 2007

Organizar

Há coisas que nos estruturam e outras que nos desestruturam. Mas há ainda aquelas que, apesar de aparentemente nos desestruturarem, são absolutamente estruturantes!

Lançamento de livro: ANGOLA

Para melhor visualização e leitura, clicar em cima da imagem

quarta-feira, 7 de novembro de 2007

Tempo

Abdico das mais diferentes coisas nesta vida. Tenho-o feito inúmeras vezes, infinitas. Pelas mais diversas razões. Umas vezes obrigada e outras voluntariamente. Umas vezes lamentando a minha sorte e outras reconhecendo que é a melhor opção entre as possíveis. Mas há uma coisa da qual estou cada vez mais relutante em abdicar: o tempo. Tempo para descansar e usufruir de momentos que se revelam únicos. Tempo para trabalhar com tranquilidade, apreciando cada minuto como se fosse o último em que posso aprender mais e mais. Tempo para desfrutar de uma boa companhia, humana ou não. Tempo para contemplar uma paisagem e observar um animal ou uma planta. Tempo... Porque, de dia para dia, sinto que ele é um bem efectivamente escasso e por assim ser tem de ser realmente bem aproveitado!

segunda-feira, 5 de novembro de 2007

Estupidez

Se a estupidez pode ser profundamente irritante, na maioria das vezes cria situações simplesmente hilariantes...

 

quarta-feira, 31 de outubro de 2007

Simpósio Internacional Guiledje

O Simpósio Internacional "Guiledje, na rota da independência da Guiné-Bissau" terá lugar entre 1 e 7 de Março de 2008, entre Bissau e Cantanhez. A lista de oradores, o programa, informações várias e a brochura de divulgação podem ser consultados no site oficial do Simpósio, de onde foi retirada a imagem acima apresentada.

segunda-feira, 22 de outubro de 2007

Com 15 dias

Olá! Tenho apenas 15 dias e, como se pode ver, sou lindo! Apaixonei as minhas novas donas porque mal me viram ficaram com um sorriso meio estranho na cara como se fosse a coisa mais linda que algum dia viram. Como ainda sou bem pequenino continuo na casa dos meus pais junto das minhas irmãs, da minha mãe e do meu avô. Dentro de um mês e meio vou conhecer um novo Mundo e, como sou muito comunicativo e curioso, acho que vou gostar muito de conviver com os meus novos donos.
De onde este veio há mais. Quem estiver interessado consulte o site dos BOXERS D'ARA ou contacte directamente o criador através de email.

sexta-feira, 19 de outubro de 2007

Seminário ESCOLA DE MAR sobre Cetáceos

Sábado 20 de Outubro
Seminário a decorrer na Rua Actriz Virgínia (Areeiro, Lisboa)
Actividade de dia inteiro com apresentações de investigadores portugueses
10:00 – Golfinhos de Portugal – Passado, Presente e Futuro, Cristina Brito
10:45 – Influência do Canhão da Nazaré no Aparecimento de Golfinhos no Mar da Nazaré, Erica Sá
11:30 – Intervalo para café
12:00 – Arrojamentos no Litoral de Alcobaça - dos Arrojamentos à Investigação, Sofia Quaresma
12:45 – A importância da Educação Ambiental na conservação de cetáceos, Brígida Brito
13:30 - Intervalo para almoço (responsabilidade de cada participante)
15:00 – Análise Genética – Do Indivíduo às Populações, José António Matos
15:45 – Filogeografia e estrutura populacional do golfinho-comum (género Delphinus), Ana Rita Amaral
16:30 – Intervalo para café
17:00 – Estudo e Conservação de Cetáceos em São Tomé e Príncipe, Golfo da Guiné, Cristina Picanço
17:45 – Conservação de Cetáceos – A Triste Realidade e o Urgente Desafio, Élio Vicente
18:30 – Encerramento do seminário

Escola de Mar - Investigação, Projectos e Educação em Ambiente e Artes, Lda.
Lisboa - 218486742/966552928

terça-feira, 16 de outubro de 2007

Uma delícia

A foto é do Viagem a S. Tomé e Príncipe
São Tomé e Príncipe é uma delícia de um país. Não me canso de o dizer com um infinito sorriso nos lábios.
Vim até ao Viagem a S. Tomé e Príncipe por indicação de um amigo, que sente o mesmo deslumbramento pelo arquiélago de todos os sonhos :-)
Os sorrisos, a tranquilidade, a plena noção de que ali se pode ser feliz, o "leve leve" que nos invade mal saímos do avião, as paisagens, a biodiversidade, a gastronomia e os ritmos, e... e... e...
Ao ver e rever as fotos publicadas no blog voei até lá e, num ápice, revivi momento a momento de estadias inesquecíveis, que hoje sei que foram determinantes para a minha vida. Obrigada por esta viagem virtual :-)

segunda-feira, 15 de outubro de 2007

Anisakis, once again

E o maldito do Anisakis que me acompanha para todo o lado voltou a atacar com edema. Há tempos que não o sentia de forma tão incisiva e, a bem dizer da verdade, até que dispensava tal sensação. Dá vontade de dizer... “vai, volta para onde estavas a dormitar porque lá é que estavas bem”. Agora cá vai a novidade... a dormência na face com inchaço e a grossura na garganta vieram acompanhadas de dor. Venham-me cá com teorias de que se não comer mais peixe mal passado isto passa com o tempo... tá bem tá!

 

sábado, 13 de outubro de 2007

Relatórios

Uma coisa que, em termos profissionais, me dá muito gozo fazer é relatórios de estudos, de missões e diagnósticos. Pegar na informação que foi sendo recolhida informal ou formalmente, mas com um carácter sistemático e regular, muitas vezes em folhas rabiscadas e com letra incerta por estar em pé, num carro aos solavancos ou num barco, enquanto escrevinho e anoto, procurando reter toda e qualquer informação que possa vir a ser útil num diário de missão e complementada por registos fotográficos. Nesta altura, estou em fase de plena escrita de um relatório anual das actividades desenvolvidas numa investigação. Tarefa que, à maioria, pode parecer enfadonha mas que para mim é uma delícia!  Mas muito melhor, tenho de preparar também a apresentação daquilo que é uma análise comparativa entre três realidades insulares africanas que tenho estudado: Bijagós na Guiné-Bissau, Cabo Verde e São Tomé e Príncipe. É curioso como a relação entre o Homem e o Ambiente pode resultar de forma tão diferenciada, tendo na base espécies comuns por exemplo. As representações sociais são diferentes e marcadas por culturas próprias e os efeitos, no sentido da utilização excessiva ou da conservação de espécies mesmo que ameaçadas, completamente díspares. O que a cultura faz... a uns limita a acção e a outros promove-a! E... começo a achar que, no próximo ano, gostava de reunir os materiais todos de forma interessante para que fossem editados. A ver vamos!

Uma verdade inconveniente e o Nobel da Paz

E o Al Gore ganhou o Prémio Nobel da Paz. A foto é daqui.
A ideia pode parecer estranha quando o documentário e o livro "Uma Verdade Inconveniente" falam de Quioto, mudanças climáticas, aquecimento global, efeitos das catástrofes naturais, com análises históricas e prospectivas. E falam de recursos naturais vitais como a água e outros não tanto mas que garantem o equilíbrio ambiental numa perspectiva de sustentabilidade. E falam de energias tradicionais, poluentes e que têm até ao presente demonstrado um desempenho económico significativo, e de energias alternativas, limpas e menos rentáveis no curto prazo mas que encerram a ideia do longo prazo e da continuidade deste magnífico Planeta onde todos vivemos e que se chama TERRA. O que se fala é também de um equilíbrio socioambiental com contornos políticos e com implicações económicas. Uma excelente altura para se falar sem parar na problemática ambiental, no quanto dependemos da natureza e da necessidade imperiosa de construirmos um futuro melhor.

sexta-feira, 12 de outubro de 2007

Às vezes...

Às vezes apetecia-me fechar os olhos e deixar o pensamento seguir os passos da imaginação, sem parar... Às vezes apetecia-me que as histórias contadas à noite no meio do sono se pudessem transformar em realidade... Às vezes apetecia-me ter um ouvido selectivo e não dar conta do ruído que bloqueia o raciocínio... Às vezes apetecia-me esquecer a altivez, a distância e a arrogância que tanto me confundem, ainda, em algumas pessoas... Às vezes apetecia-me fazer com que o ritmo alucinante parasse só para deixar a contemplação ganhar espaço e enriquecer todos quantos andam por aí a pensar que têm existências importantes sem perceberem que o essencial está nas pequenas coisas!

 

quinta-feira, 11 de outubro de 2007

Alucinando

Na minha praceta, cada dia parece ser um dia diferente do anterior. E ainda costumo eu dizer que vivo num local calmo e tranquilo... Pois hoje, no jardim de uma casa que está a ser reabilitada, decidiram desbastar uma palmeira e cortar várias iucas. E para mal dos meus ouvidos, estão com uma moto-serra nas mãos, em plena actividade, desde manhã...
Poder-se-á imaginar o que é... desbastar uma palmeira que tem crescido, mês após mês desde há uns bons 20 anos???? Brrrruuuuuuuum....

domingo, 7 de outubro de 2007

Congresso: reportagem da actividade social

A Mariana divulgou-nos :-) e mostrou a parte mais social do Congresso. E deixou saudades :-) e vontade que 2009 chegue depressa para rever caras, aprender com as experiências de uns e de outros e conviver, muito!

Sonho

Esta noite sonhei contigo, o que é estranho já que não te vejo há um bom par de anos. E, para ser franca, nem percebi porque é que de repente me apareceste no meio de um sonho. Ali estavas tu, bem melhor de vida e a conduzir uma carrinha Mercedes que dizias ser tua e que carregavas com vasos de plantas. Mas como sempre saltitavas de lugar em lugar. Não sei porque apareceste porque não estiveste presente durante toda a história relatada pelo meu subconsciente e nem sequer havia qualquer ligação entre a tua presença e tudo o resto. A dada altura, sempre a rir de forma muito sonora, lá foste embora por uma estrada poeirenta e estreita que bem podia ser em África, fazendo com que o pó levantado fosse tanto que os que ficaram deixaram de te ver.

 

sábado, 6 de outubro de 2007

Copenhaga: sem legendas ou 1 imagem por 1000 palavras






Deabulando por Copenhaga, Setembro de 2007

Xiiiiiu!!!

Há dias em que não me apetece escrever. Não por não ter nada para dizer porque até tenho, mas porque sempre me ensinaram que há coisas que não se devem dizer e muito menos escrever. E hoje estou assim, com muita coisa que poderia escrever mas sem o querer fazer. Mais vale estar quieta e calada. A comunidade agradece e eu também...

 

quarta-feira, 3 de outubro de 2007

Momentos do Congresso 03

Ainda pode ser visitada até dia 19 de Outubro, em Santiago de Compostela.
Olhares de quem é apaixonado pelo Mundo Lusófono, Áfricas incluídas... (destacando os meus amigos Mário Jaleco, Ricardo França e o blogamigo Jorge Rosmaninho)

domingo, 30 de setembro de 2007

Momentos do Congresso 02

No final de um dia de trabalho, a animação chegava até nós chamando-nos, como se nos disse-se "venham atrás de nós, sigam-nos"


Café com música num dos intervalos do Congresso ("Corda de Barro"

Animação de rua para os congressitas ao som dos "Corda de Barro"

Momento de animação na sessão de encerramento



Concerto dos "Corda de Barro" na apresentação do album "Acorda Terra" (pós congresso)

Momentos do Congresso 01

A mesa dos representantes oficiais

Apresentação das conclusões das Áreas de Trabalho

O Encerramento do Congresso

sexta-feira, 28 de setembro de 2007

Sobre o Congresso

O presidente do Congresso, Prof. Carlos Vales (CEIDA) na sessão de abertura
O I Congresso de Educação Ambiental dos Países Lusófonos e Galiza terminou ontem em clima de grande animação.
Ao longo de quatro dias, os temas abordados foram pertinentes e bem explorados pelos palestrantes no decurso das sessões destinadas aos Diálogos e às Mesas de Trabalho sobre o Estado da Arte da EA. As conclusões resultantes dos debates das Áreas de Trabalho foram também apresentadas, podendo destacar-se que este evento permitiu abrir caminhos e criar novas oportunidades para uma colaboração mais permanente entre os oito países da CPLP e a Galiza.
A organização está de parabéns, em particular o Prof. Carlos Vales, a Joana Amaral (Ministério do Ambiente do Brasil), Xúlio Lopes (CEIDA) e restantes membros da equipa de coordenação e organização das múltiplas actividades que foram desenvolvidas.
E porque se pretende que as sementes lançadas germinem, o II Congresso terá lugar em 2009 em Cabo Verde, em local e data a definir.

quarta-feira, 26 de setembro de 2007

Educação Ambiental de Países Lusófonos on line e em directo

Notícias directas de Santiago de Compostela sobre os trabalhos do I Congresso de Educação Ambiental e Galiza que está a decorrer desde 2ªfeira, dia 24 de Setembro até à próxima 5ª feira.
Os trabalhos estão a exceder as expectativas dos participantes pela excelente organização do CEIDA e pelo fortíssimo envolvimento de todos na identificação de pontos comuns e no estabelecimento de parcerias. Mas além da programação formal, o Congresso tem sido caracterizado pelo convívio informal e pelo excelente ambiente criado entre todos os participantes no que respeita à colaboração e vontade expressa de aprofundar conhecimentos e contactos.
O Estado da Educação Ambiental na Galiza, Cabo Verde e Moçambique será apresentado on line e em directo amanhã, dia 26 de Setembro pelas 16h de Espanha (15h de Portugal) e o de Portugal, Guiné-Bissau e STP na próxima 5ªfeira, dia 27 de Setembro pelas 12h30 em Espanha (11h30 em Portugal).
Quem quiser assistir e colocar questões, e recomendo que o façam,pode fazê-lo on line inscrevendo-se

sexta-feira, 21 de setembro de 2007

É para lá que vou!

video

Novo afastamento da escrita por motivos importantes e profissionais. Santiago de Compostela espera-me/nos. De 24 a 27 de Setembro realiza-se o I Congresso de Educação Ambiental dos Países Lusófonos e Galiza, onde participarão cerca de 400 investigadores e interessados pelas temáticas ambiental e sociocultural. Serão dias de partilha de conhecimentos e de experiências em que a aprendizagem será permanente. Quem não tiver oportunidade de participar poderá acompanhar os trabalhos on line e em directo através do canal ea-net.

Até breve!!!

segunda-feira, 17 de setembro de 2007

Kobenhagen ou simplesmente Copenhaga!

Foi lá que estive! Um país magnífico e uma cidade fantasticamente limpa e tranquila. O ar é estranhamente respirável e não poluído, não parecendo uma capital, as pessoas são simpáticas e mais do que sorridentes, transparecem felicidade por estarem vivas e poderem andar de bicicleta por todo o lado, ou a cidade não fosse plana. A arquitectura é harmoniosa e as cores com que as casas estão pintadas dão-nos a sensação de estarmos numa cidade de bonecas feita à medida dos sonhos de cada um. Os castelos construídos em locais estratégicos fazem-nos recordar a grandiosidade da vida na Escandinávia. Os impostos são dos mais elevados do Mundo, segundo dizem com orgulho, mas o nível de vida não parece ressentir-se. Uma parte significativa da energia consumida é eólica porque o vento é quase constante e é fácil comprovar a existência de parques eólicos... até dentro de água! Mas melhor, muito melhor do que tudo isto é o sentido que a palavra cidadania tem. Ali vi a civilização!!! E fiquei com vontade de voltar!!!

A internacionalização de Lisboa. Paradiplomacia de uma cidade

Motivo de ORGULHO!!! Um projecto que deu um infinito prazer multiplicado por muito trabalho, stress qb e um verdadeiro espírito de colabora...