quarta-feira, 20 de dezembro de 2006

Contemplações

“Estar sentado nas rochas, a contemplar ribeiros e colinas, divisar pouco a pouco as sombras da floresta onde habitam as coisas que escapam ao homem e por onde nunca os mortais se aventuraram. Subir ao monte inacessível, desconhecido, com o rebanho selvagem que dispensa o redil, e debruçar-me sobre despenhadeiros e cascatas espumantes – isto não é solidão: é apenas dialogar com os encantos da Natureza, contemplando os seus recursos”

Byron in Edith Holden “Observações da Natureza”

A escrita e os artefactos

Para quem gosta de escrever uma caneta é a extensão de si próprio e um caderno o seu reflexo. São objectos especiais e, por isso, tratados ...