sábado, 28 de outubro de 2006

Um dia...

escrevi a alguém que não me respondeu,
telefonei a alguém que não me atendeu,
falei com alguém que não me ouviu,
sorri a alguém que não me viu,
pensei em alguém que nem existiu...
E ainda assim, duvidei se estaria só...
Escrito em Fevereiro 1988

A escrita e os artefactos

Para quem gosta de escrever uma caneta é a extensão de si próprio e um caderno o seu reflexo. São objectos especiais e, por isso, tratados ...