sábado, 28 de outubro de 2006

Sonhos

De vez em quando é saboroso fechar os olhos e, nas trevasm dizermos a nós próprios: "sou feiticeira e quando abrir os olhos, verei o Mundo que criei e pelo qual só eu sou absolutamente responsável". Então, lentamente, as pálpebras abrem-se como o pano dum palco e lá está o nosso Mundo, tal e qual o construímos...
Escrito em Fevereiro 1988

A escrita e os artefactos

Para quem gosta de escrever uma caneta é a extensão de si próprio e um caderno o seu reflexo. São objectos especiais e, por isso, tratados ...