sexta-feira, 23 de junho de 2006

Lamechices

E agora que voltei a lembrar, e a pensar, e a escrever... voltei a ficar lamechas. Porque será que o tempo não veio acompanhado de uma borracha gigante que nos permitisse apagar algumas recordações que, de vez em quando, se transformam em saudades, reacendendo vontades? A vida nem sempre é uma coisa fácil... ah não é não! O que vale é que o descanso está quase aí... e um bom dia de praia ainda tem capacidade para produzir efeitos surpreendentes em mim!!!! Até lá... vou lamechando nos intervalos do trabalho que aperta sempre nos últimos dias, os derradeiros. E, nos entretantos, vou-me lembrando de ti, e apenas isso, porque, se calhar, também nunca te quis esquecer, apesar de saber que o deveria fazer...

A escrita e os artefactos

Para quem gosta de escrever uma caneta é a extensão de si próprio e um caderno o seu reflexo. São objectos especiais e, por isso, tratados ...