quinta-feira, 23 de fevereiro de 2006

Chocolate de STP em Bruges

Acabei de receber uma notícia muito simpática e que, por certo, contribuirá para a felicidade de muitos, pelo menos todos os que puderem passar por Bruges em Abril. O motivo: visitar o Festival do Chocolate, apreciar as obras cuidadosamente elaboradas pelos artistas plásticos e provar tudo o que por lá houver (ao que consta serão milhares de produtos que podem ser provados).

Bruges é uma cidade magnífica. Visitei-a uma única vez, no meio de sessões de trabalho em Bruxelas, e fiquei encantada, ou não se tratasse de uma cidade medieval, muito arranjada e apelativa. Em Abril vai ser o palco de um dos mais doces eventos, intitulado “Choco-Laté”, e só de pensar nisso já me sinto completamente envolvida pelo adocicado e aveludado sabor do chocolate de leite, ou pelo paladar intenso do um pouco de amargo ou semi-amargo, ou ainda pelo aroma estimulante dos bombons, ou... É delicioso pensar em chocolate e muito reconfortante saber que STP, que em tempos idos foi o maior produtor mundial de cacau, vai estar presente e mostrar, a quem quiser e tiver oportunidade de assistir, todo o processo desde o cultivo da árvore até à confecção e transformação do cacau em chocolate.

E depois mais magnífico é aprender que o chocolate tem mais utilidades do que as tradicionais de derreter para beber, fazer doces ou comer em barra: com ele podem produzir-se máscaras faciais, cremes de beleza e de massagem, terapêutica vária para aliviar o stress diário, contribuir para uma alimentação equilibrada e dar alegria ao espírito. Digam lá que afinal não é bom ter falta de magnésio...!

 

A escrita e os artefactos

Para quem gosta de escrever uma caneta é a extensão de si próprio e um caderno o seu reflexo. São objectos especiais e, por isso, tratados ...