segunda-feira, 26 de dezembro de 2005

Prémio Chuinga do Ano

Sinto-me verdadeiramente honrada. Não é modéstia. É mesmo orgulho da Chuinga ler o que eu escrevo, comentar muitos dos meus posts (aliás, a ela devo a possibilidade de ter os vossos comentários porque foi quem mais me incentivou, por mail.) mas principalmente por ter destacado o África de Todos os Sonhos com o Prémio Chuinga do Ano, colocando-o ao lado de blogs de grande qualidade. Passem por lá e confirmem. Fiquei com um sorriso de orelha a orelha quando vi e com o ego muito reconfortado. Obrigada Chuinga porque esta foi uma excelente prenda de Natal!!!

A escrita e os artefactos

Para quem gosta de escrever uma caneta é a extensão de si próprio e um caderno o seu reflexo. São objectos especiais e, por isso, tratados ...