sexta-feira, 3 de junho de 2005

Ver para crer

Bem ao jeito do Santo que lhe dá o nome, só é possível acreditar na vida política de São Tomé e Príncipe vendo. Entrou de novo em crise. Em 4 anos de presidência, Fradique de Menezes tem a proeza de assisitir a instabilidades sucessivas, demissões governativas, alternâncias no poder, dissolução do parlamento e por aí fora. As contestações não têm fim e tudo por causa do petróleo, uma vez mais. Aquele país confunde-me porque tem tanto de beleza, provocando deslumbramento em todos os que por lá passam, como de desassossego gerado pelos desentendimentos. Dá-me vontade de repetir a frase que mais utilizei, com razão, numa das minhas estadias e que muito divertia todos os que a ouviam: "organizem-se"...!!!!

A escrita e os artefactos

Para quem gosta de escrever uma caneta é a extensão de si próprio e um caderno o seu reflexo. São objectos especiais e, por isso, tratados ...