quarta-feira, 2 de fevereiro de 2005

O que dava por um sonho?

Imagine o sonho da sua vida. Imagine que, à partida, é irrealizável, inatingível, algo com que sonhou durante toda a sua vida e que hoje quando pensa nisso, sente que está a anos luz de o conseguir realizar. Já está? Então agora pense no que estaria disposta a fazer para o realizar e sentir a felicidade invadi-la, nem que fosse por 5 segundos.
Este foi o tema de uma reunião de grupo que nos permitiu analisar... bancos! Mas só o percebemos no final: primeiro discutimos bancos, características, imagem e publicidade, e apenas no final analisámos os sonhos e os projectos. Foi engraçado e interessante porque nos permitiu repensar o que está por detrás da frase - Mil sonhos.

A escrita e os artefactos

Para quem gosta de escrever uma caneta é a extensão de si próprio e um caderno o seu reflexo. São objectos especiais e, por isso, tratados ...