domingo, 24 de outubro de 2004

Verdade

Uma coisa "muito magnífica" aprendi em África - por mais certezas que tenhamos, nunca as temos verdadeiramente. O "outro" tinha razão, rapaz esperto e instruído acerca da mente e do conhecimento. Eu também digo - só sei que nada sei. E quanto a dúvidas... sou a rainha delas.
(Não... isso não tem nada que ver com ninguém em particular.)

A escrita e os artefactos

Para quem gosta de escrever uma caneta é a extensão de si próprio e um caderno o seu reflexo. São objectos especiais e, por isso, tratados ...