quarta-feira, 25 de agosto de 2004

Chove

Chove como nunca até aqui. Tenho a sensação que a terra está triste com a minha partida, teimando em não me deixar sair do mesmo sítio. E eu adapto-me ao tempo: vou-me deixando ficar, sem oferecer resistência. Porque também eu não quero partir de um local tão diferente, onde me sinto tão bem...
ST, 25/09/2000

A escrita e os artefactos

Para quem gosta de escrever uma caneta é a extensão de si próprio e um caderno o seu reflexo. São objectos especiais e, por isso, tratados ...